FANDOM


Will Gorski é um policial do Departamento de Polícia de Chicago, assombrado por um assassinato não resolvido que seu pai foi designado quando ele era criança.[1]

Após o desaparecimento de Sara Patrell e a aposentadoria precoce de seu pai, Michael Gorski, Will se formou na academia de polícia e assumiu o caso não resolvido. Um dia encontra-se tendo "visões" de uma mulher cometendo suicídio e logo em seguida é visitado por um homem suspeito de terrorismo. Após estabelecer que ele havia renascido como um sensate e que fazia parte de um cluster, ele rapidamente trabalha ao lado de Nomi Marks para obter informações sobre Sussurros e se envolve romanticamente com Riley Blue.

Embora eventualmente ele se torne distante de seus entes queridos ao esconder-se, Will acaba aprendendo mais sobre a OPB, conseguindo reconhecer Sussurros em uma foto; com isso ele rapidamente acaba trabalhando ao lado de Riley para encontrar mais sensates fora de seu cluster para ajudar em sua luta para derrubar a organização que os caça.

Biografia

Vida Pregressa

Will nasceu em 8 de agosto em Chicago, Illinois, no banco de trás do carro da polícia de seu pai.[2] Crescendo, Will muitas vezes se metia em problemas, um dia roubando propositadamente de uma loja local. Michael algemou seu filho e o trancou na traseira do carro; enquanto seu pai se desculpava com o balconista, Will usou um clipe de papel para destrancar as algemas e saiu correndo da cena.[3]

Durante sua infância, Will era um sensate não nascido e fez uma conexão com Sara Patrell algum tempo antes de seu desaparecimento. Michael Gorski foi designado para o caso para procurar a criança; Will, em um ponto, visitou seus pais sobre ter visões de sua filha. O pai de Patrell não gostou dessas visitas, tendo sido lembrado da criança. Essas visões deixaram Michael preocupado com seu filho, o levando para ver um psicólogo. Em uma sessão, Will voluntariamente mentiu para seu psicólogo sobre não ver Sara.[4]

Graduação da Academia

Seguindo os passos de Michael Gorski, Will se formou na academia de polícia. Ele visitou a Sra. Patrell novamente, informando-a que durante a cerimônia, ele viu Sara mais uma vez quando ele foi receber seu diploma. Ele também prometeu resolver o caso Patrell e continuar a lutar por ela.[5]

Renascimento Sensate

Uma noite, Will dirigia por um beco, onde viu uma mulher loira deitada no chão, esticando os braços para ele. Desaparecendo logo depois, ele voltou a dormir. No meio da noite, no entanto, ele acordou com a música alta e eletrônica tocando em sua cabeça. Acreditando que estivesse vindo de um vizinho, ele bateu na porta, pedindo que eles abaixassem a música. Will irrompeu para dentro do apartamento e descobriu que estava vazio, a música desapareceu e ele ficou desacreditado, com uma enxaqueca latejando.[6]

O conteúdo recolhido aqui precisa ser revisado e editado para estar em conformidade com os padrões da wiki e mostrar continuidade com o restante deste artigo.

Ressonância Límbica

A história começa com Will sendo o primeiro dos oito sensates apresentados ao público. Ele é o primeiro que vem a ter a visão da morte de Angelica. Após esta visão, ele é também o primeiro a sentir as fortes enxaquecas, audição e sentimentos dos outros sete. Por exemplo, quando ouviu música alta em seu apartamento, sendo que na verdade estava sendo tocada por Riley em um clube Londres. Com Diego ele vê um adolescente afro-americano ferido por atividades relacionadas a gangues, e em vez de deixá-lo, Will o leva ao hospital, contrariando seus colegas de trabalho.

Eu Também Sou Nós

Will visita Deshawn, o garoto de gangue que ele salvou. Will tem um flashback de quando era criança, ao ser pego pelo seu pai roubando. Entretanto, é mostrado que Will tão logo consegue abrir a fechadura de suas algemas e foge.

No Departamento de Polícia de Chicago, Will tenta encontrar uma filmagem da igreja onde Angelica cometeu suicídio, mas descobre que a seção da fita foi apagada. Seu parceiro Diego demonstra interesse após ver que a fita foi adulterada. Eles identificam uma possível testemunha na filmagem existente.

Will participa de uma reunião onde o agente federal Stiles apresenta detalhes sobre um terrorista procurado, Jonas Maliki. Will reconhece Jonas, mas ele não sabe exatamente como ou de onde.

Mais tarde, Will encontra seu pai no bar e diz a ele que coisas estranhas estão acontecendo, e que ele acha que estão relacionadas a Sara Patrell. Michael avisa a Will para não mencionar mais Sara, porque ele será levado a força para avaliação psiquiátrica.

Will entra em uma loja de conveniência e pede algo que o ajude a dormir. Jonas entra na loja e se apresenta. Jonas conta a Will sobre Angelica, a mulher que deu à luz a ele. Ele também conta a Will sobre algumas das coisas que ele vai experimentar como um sensate, e diz que ele precisa pegar um avião em uma hora, pois há uma garota chamada Nomi que precisa da ajuda de Will, assim como Sara precisava de sua ajuda. Will tenta impedi-lo de ir embora, mas Jonas rapidamente lhe desfere alguns golpes e escapa. Em seguida, os dois se envolvem em uma perseguição de carro. Durante a perseguição, Jonas visita Will e vice-versa. Jonas pede que Will não o persiga, mas o mesmo não o dá ouvidos. A perseguição do carro termina com o carro de Will colidindo com o de Jonas, deixando ambos inconscientes.

Aposte Tudo na Magrela

Will tem novamente uma visão de Sara Patrell, onde ele vê Sussurros fazendo uma uma cirurgia em seu crânio. A garota aparece em seu lado e avisa para não olhar em seus olhos, pois foi assim que ele a capturou.

Will subitamente acorda no hospital, onde uma enfermeira diz que ele havia sofrido um acidente e que tinha sorte de estar vivo. Ela também fala que foram seus colegas policiais que o levaram até o hospital e que deveriam tratá-lo com uma atenção especial, porque ele era um herói. Havia pegado um terrorista. Apesar dos protestos da enfermeira sobre sua atividade cerebral incomum, Will decide ir embora.

Quando Will retorna ao Departamento de Polícia, Stiles o felicita por capturar Jonas. Will diz que quer conversar com Jonas, mas o agente diz que ele está em insolamento, pois a Segurança Nacional ia buscá-lo e transportá-lo para o local de interrogatório. Will pergunta quando, mas Stiles diz que isso é confidencial e aconselha Will a aproveitar seus cinco minutos de fama e não querer mais que isso.

Mais tarde, Will abre seu cofre na casa da delegacia e tira sua coleção de informações sobre Sara, uma criança de 10 anos que desapareceu sem deixar vestígios. É mostrado, quando criança, Will acordando após ouvir Sara lhe pedir ajuda. Ele se vira e a encontra sentada ao lado de sua cama, chamando por ele.

Will vai para um campo de tiro, ao pegar sua arma para começar o treinamento, ele encontra-se de pé em Nairóbi. Ele pega uma arma descartada, aponta e atira no caminhão que se aproxima, disparando o motor. No entanto, o motorista do segundo carro surge atrás dele e o nocauteia pelas costas, fazendo-o cair no chão.

O Que Está Acontecendo?

Will vai em uma delegacia de polícia, e encontrando-se com um velho amigo de seu pai, o tenente Duncan. No meio da conversa, ele acaba falando acidentalmente coreano. Will pede para Duncan que o deixe falar com Jonas como um favor pessoal. O tenente pede desculpas, pois Jonas estava sendo mantido em custódia federal e seria transferido em breve, e para entrar em contato com ele era impossível. Will fica chateado, e então instantes depois Jonas o visita. Jonas diz que ele estava em confinamento solitário, e conta a Will um pouco mais sobre as visitas e a conexão com os olhos.

Ao entrar em seu carro, Will tenta se forçar a visitar. Jonas aparece para dar-lhe mais orientação, e explica a diferença entre visitar e partilhar. Jonas também diz que Will tem sete outros membros em seu cluster, e que um deles, Nomi, precisa da ajuda dele. Jonas é então levado por homens com máscaras de gás, interrompendo a visita.

Will ainda está em seu carro no estacionamento. Ao mesmo tempo, Nomi está dopada e sendo levada em uma maca em preparação para a cirurgia. Ela clama por ajuda, e Will a ouve. Will se concentra e consegue ver a localização de Nomi por um instante, antes de perder a conexão.

Em sincronia com seu cluster, Will canta What's Up? de 4 Non Blondes, em sua mesa.

Ao amanhecer, Will está dormindo em seu sofá, ainda cantando para si mesmo. Ele acorda na maca de Nomi com algemas em seus pulsos. Ele puxa o equipo e retira a agulha com a boca, e logo em seguida ele usa a mesma agulha para abrir a fechadura de suas algemas. Um partilhamento entre um Will e uma Nomi dopada tropeça para fora da maca rumo ao corredor. A consciência de Will volta ao seu corpo em Chicago e ele fica incrédulo.

Arte é Como Religião

Will é advertido pelo capitão Sobczak por usar a reputação de seu pai para pedir favores e desobedecer suas ordens para se encontrar com Jonas. Will pede desculpas e diz que isso não voltará a acontecer.

Mais tarde, Will faz um telefonema para Janet Marks perguntando sobre sua filha, Nomi. Eles falam sobre o registro criminal dela. Em um certo momento, Janet começa a reclamar sobre as más decisões de "Michael", dizendo que andava em má companhia e que achava que seus problemas haviam começado com os hormônios ela começara a tomar. Will e Nomi mudam repentinamente de lugar, e ela passa a ouvir sua mãe no celular. No fim da ligação, Will corrige Janet, dizendo que seu nome não é Michael, e sim Nomi.

Diego mostra a Gorski que recebeu uma pista sobre a testemunha que viram fora da igreja. Eles saem para procurar o garoto.

Will e seu parceiro chegam à casa do garoto. Quem atende é uma mulher, que grita dizendo que é a polícia. O garoto corre e Will o persegue pelos arredores da vizinhança. Ao mesmo tempo, Lito está filmando uma cena envolvendo um tiroteio em um museu. Will e Lito trocam esporadicamente. Will fica confuso ao ver um ator apontando um rifle de assalto para ele. Em Chicago, sua perseguição termina quando eles se deparam com uma gangue hostil.

Demônios

Riley está em um pub, sentada enquanto ouve música e bebe cerveja. Will aparece e anda através de um bar lotado de seus companheiros policiais. Eles sentam e compartilham uma cerveja juntos, simultaneamente em ambos os bares. Eles falam sobre a vida uns dos outros e os locais onde moram. Riley pergunta: "Nós estamos enlouquecendo?" Will pede o celular de Riley e disca o seu próprio número de telefone para ela. Riley pressiona em ligar, e o telefone de Will toca. Will leva seu celular para Diego e pede que ele atenda. Diego diz que uma garota com um sotaque esquisito está na linha. Ele pega o celular de volta, e ao falarem no telefone eles ouvem ecos ressonando. Will diz que eles certamente não estão ficando loucos. Eles falam sobre outros visitantes, e lembram-se de Jonas e Angelica. Will comenta que no dia em que se encontraram na igreja, ela parecia muito assustada, que tinha acontecido alguma coisa. Ele pergunta a ela se está tudo bem e Riley apenas responde dizendo que tem amigos complicados. Parecendo um pouco desconfortável, ela diz deveria ir para cama, e assim se despede de Will.

Mais tarde, ainda no bar, Will de repente sente que não consegue respirar. Ele rapidamente encontra-se no corpo de Riley sobre uma mesa com um saco envolta de sua cabeça. Ele luta, simultaneamente contra Nyx e seu amigo, enquanto batia nos policiais de Chicago que tentavam ajudá-lo. Riley sai correndo do apartamento e Will senta no chão se recompondo, com uma multidão atônita olhando para ele.

Dias depois, Diego diz a Will que as pessoas estão começando a falar sobre o estranho comportamento de Will. Então Will resolve perguntar a Diego se ele acha que ele é louco. Diego diz que sim, mas que ele gosta de loucos.

Momentos depois, Will aparece em uma academia, fazendo abdominais. Ao mesmo tempo, Lito está transando com Hernando e Nomi está fazendo amor com Amanita. Os três desencadeiam uma orgia psíquica, onde Will aparece ao mesmo tempo fazendo sexo com Lito, Nomi, Amanita, Hernando e Wolfgang.

O Poder da Literatura

Will e Diego andam pelas ruas com Deshawn, a caminho de conhecer alguém que lhe daria informações. Eles reconhecem o homem com quem estão se encontrando: Ludicrous Lincoln, também conhecido como Lincoln Lunático. Diego menciona que Will já esteve envolvido com a ex de Lincoln. Lunático inicialmente fica bravo com Will, mas concorda em fazer um acordo. Lincoln pede que sua gangue seja deixada em paz em troca da informação, e Will concorda.

Lincoln Lunático traz o garoto da filmagem, que lhes dá o telefone. O telefone está cheio de fotos do exterior da igreja, mostrando homens com máscaras de gás carregando um corpo dentro de um saco para uma van branca. As fotos incluem o número da placa da van, e Diego diz que vai rastreá-la. Will também reconhece o Sussurros nas fotografias.

Na companhia de aluguel de vans, Will e Diego encontram a van branca das fotos. Will tem uma breve visão do cadáver de Angelica na parte de trás da van.

Seremos Julgados Pela Coragem dos Nossos Corações

Will está bebendo café em seu apartamento. No caminho para fora da porta, ele vê Riley. Ela diz que está bem, e que ela está de volta em sua casa na Islândia. Ela mostra a ele o interior de sua casa e fala sobre sua família. O pai de Riley traz para ela café preto com açúcar, preparado da mesma maneira que Will gosta de tomar. Will pergunta por que Riley ficou longe por muito tempo, e Riley diz que muitas coisas dolorosas aconteceram lá.

Riley dá uma volta pelo apartamento de Will. Will diz que é pequeno, pois policiais não ganham muito, mas Riley fala que gostou. Um trem L passa pelo apartamento de Will, causando um ruído enorme. Riley fica surpresa, mas Will diz que já está acostumado. Os dois lentamente tocam as mãos e se aproximam. Até que eles finalmente se beijam. Diego entra no apartamento logo em seguida, e vê Will aparentemente beijando o ar.

Mais tarde, Will está na delegacia com Diego, olhando para uma tela de computador. Will compartilha a pesquisa que ele fez sobre Nomi e Niles Bolger, que Will obteve usando antigas senhas de capitão do seu pai. Ele mostra imagens de um despachante da FedEx colocando um pacote ao lado de Niles Bolger em estado vegetativo. Will pula a filmagem para a mesma noite, mostrando Niles acordar e colocar o terno que estava no pacote. Will aponta a incrível coincidência de que um homem previamente vegetativo foi capaz de deixar sua cama e atirar no médico que realizou a cirurgia. Will conecta os eventos com a empresa de financiamento: OPB, Organização de Preservação Biológica.

Em São Francisco, Nomi, em seu laptop, também está pesquisando sobre a OPB. Ela acha que a OPB é bem financiada, com dinheiro vindo da DARPA, da Fundação Mundial da Ciência e da OMS. Will a visita em seu apartamento e pergunta como ela conseguiu encontrar essas informações. Nomi o reconhece por sua ajuda para sair do hospital. Will e Nomi continuam sua conversa simultaneamente em dois locais. Amanita e Diego percebem que estão conversando com o ar. Amanita fica abismada, quanto Diego é cético.

Eles se lembram do tiroteio do Dr. Metzger e teorizam que eles devem estar se aproximando de algo. Durante a conversa, Will e Nomi aprendem algumas das regras de visita, sobre como eles são capazes de ocasionalmente a ler memórias uns dos outros.

Nomi e Amanita levantam a questão de que Dr. Metzger é muito bem pago para viajar o mundo realizando operações. Eles aprendem que ele foi recrutado pela OPB enquanto estava na Universidade de Chicago, e encontram uma foto dele ao lado de Sussurros.

A campainha soa e a mãe de Amanita a abre. É Sussurros quem está lá, apresentando-se como Dr. William Friedman. Will e Nomi reconhecem a voz. Will avisa Nomi de que ela não deve olhar em seus olhos, e que ela precisa fugir dali o mais rápido possível. Sussurros força sua entrada. Amanita fica na casa, e Nomi corre, descendo a grade do pátio. Amanita finge estar trocando seu tampão para despistar um dos homens. Nomi sobe até o pavimento e é cercada por policiais armados. Will usa seu computador para descobrir que eles são agentes federais.

Nomi pede ajuda, e Sun chega, pedindo para ficar calma. Nomi pergunta a Sun se ela está realmente ali, e Sun responde dizendo que ela estava em Seul, dormindo. A polícia diz a Nomi para ficar de joelhos. Will lê a situação e dita exatamente como os policiais agirão. Alguns segundos antes das algemas prenderem os pulsos de Nomi, Will grita "Agora!". Então Sun entra em ação e desarma os policiais com alguns golpes, enquanto Will desarma um, e Nomi dá um forte chute em outro. Will diz a Nomi para jogar a arma fora e pegar a bicicleta.

Em Chicago, Will é interrompido de sua pesquisa, e perde a conexão com seus sensates. Seu chefe o repreende novamente, mas dessa vez o suspende sem pagamento por suas atividades. Will deixa seu distintivo e sai.

A Morte Não Permite Dizer Adeus

Will tem um flashback da infância. No flashback ele está espionando Sussurros, que está operando em uma criança. Sussurros sai do quarto e Will inspeciona o corpo, e percebe que é Sara Patrell. Sara diz para ele não olhar para Sussurros, dizendo novamente: "Foi assim que ele me pegou." Sussurros retorna e persegue Will quando criança, que escapa por pouco.

No presente, Will acorda subitamente do pesadelo. Ele pega uma cerveja da geladeira, e de repente vê Jonas, visitando. Jonas está visivelmente abatido e está usando uma roupa de hospital. Will vai visitar a localização de Jonas, e vê um laboratório médico de alta tecnologia. Jonas está preso em uma maca e tem eletrodos conectados à testa. Jonas diz: "Eu tenho estado inconsciente tanto tempo que eu poderia estar em qualquer lugar." Will se desculpa por ter colocado Jonas naquela situação.

Ao mesmo tempo, na Islândia, Riley está conversando com Yrsa sobre a OPB. Will se junta a Riley, dizendo que ele sabe tudo sobre a OPB. Will, Riley, Jonas e Yrsa têm uma conversa de quatro vias, embora Jonas não consiga ver Riley e Yrsa, e Yrsa não possa ver Jonas e Will. Tanto Jonas como Yrsa observam como Will e Riley têm fortes sentimentos um pelo outro. Jonas se lembra de quando ele se apaixonou por Angelica à primeira vista, e que Angelica acreditava que "um sensate experimenta o amor em sua forma mais pura". Já Yrsa diz que o amor em um cluster é patológico e narcisista. Yrsa diz a Riley para perguntar a Will seu aniversário, e eles descobrem que Will e Riley têm o mesmo aniversário, 8 de agosto. Jonas diz que todos os membros de um cluster nascem no mesmo exato momento.

Riley menciona Jonas e Yrsa fica imediatamente assustada ao ouvir o nome. Yrsa interrompe a conexão entre Will e Riley. Jonas avisa Will de que ele precisa tirar Riley da Islândia, porque a OPB opera uma instalação de pesquisa genética lá.

O Que é Ser Humano?

Wolfgang caminha pelo parque, lutando por uma decisão interna. Ele capta vislumbres fugazes de todos os seus colegas sensates, andando através dos corredores de pedra. Will aparece e lê a escrita alemã. "O holocausto é uma aberração, ou um reflexo de quem somos?" Wolfgang pergunta a Will por que já tanto barulho onde ele está, e Will diz que é Dia da Independência. Wolfgang indaga: "O que há de melhor na vida, certo?" (Referindo-se a uma cotação que ele compartilha com Felix). Will não entende e Wolfgang se afasta dizendo: "Você não entenderia".

Mais tarde, Will está andando em um parque. Ele vê o rosto de Jonas aparecer na Crown Fountain. Eles falam. Jonas ainda está preso em um laboratório, ele sugere que eles encontrarem um lugar seguro para conversar.

Em um musel, Will e Jonas falam sobre ter várias lealdades. Will pergunta se os sensates são humanos. Jonas questiona: "O que é ser humano?" E diz que os sensates são mais humanos que os sapiens por causa de sua crescente empatia.

Jonas diz que há um tempo atrás ele estava no lugar de Will, onde o pai de seu cluster estava falando "bobagens" sobre o psycillium, e o que significava ser sensate. Jonas diz que os sensates são mais próximos dos humanos que o bonobo de um babuíno.

Jonas faz uma metáfora sobre como um bando de pássaros e um cogumelo em uma floresta podem se comunicar em grupos sem linguagem, assim como os sensates. Ele diz que os sensates existem desde o início dos tempos, e que provavelmente surgiram primeiro que os seres humanos.

Ele também diz que Sussurros tentará usá-lo para encontrar Will e o resto de seu cluster. Will percebe que a razão pela qual Angelica cometeu suicídio foi proteger o grupo.

Maliki explica a Will que, uma vez que os seres humanos são emocionalmente desconectado uns dos outros, eles transformam suas espécies em assassinos mais bem sucedidos. Porque matar é fácil, quando não se sente nada.

No dia 4 de julho, Will carrega uma cesta cheia de cerveja e salsichas em direção às docas. Ele corre até Riley. Na Islândia, Riley está no saguão de uma sala de concertos, esperando para ver seu pai. Will diz que também vai ver seu pai. Ele avisa a Riley que é perigoso para ela estar na Islândia; ela agradece Will, porque sem ele, ela não estaria lá. Por fim, eles se beijam.

Will chega ao barco de seu pai, onde ele tem a grade pronta. A noite chega e eles relaxam para apreciar os fogos de artifício. Michael diz a Will o quanto estava orgulhoso quando ele se tornou um policial.

Durante a apresentação do pai de Riley, todos os sensates vislumbram o flashback de seu nascimento. Will lembra-se de ter nascido na parte de trás de uma viatura da polícia, iluminado por chamas de estrada.

Pisando Fundo e Mudando o Futuro

Will passa a trabalhar com Nomi e Amanita. Eles querem saber que informações a OPB tem sobre Riley, mas os equipamentos de hacking de Nomi foram levados. Nomi pergunta a ele se pode usar seus códigos de policial para ligar para eles, mas Will diz que foi suspenso.

Enquanto Nomi visita Riley, ela diz a Amanita que o pai de Riley está esperando por horas fora do quarto do hospital. Nomi também percebe que Will está fazendo companhia ao lado de Riley, acariciando seu cabelo.

Na Índia, Will se apodera do corpo de Kala, prendendo um homem que a intimidava contra uma parede. dizendo a todos para saírem do templo. Depois, Will e Kala se cumprimentam. Ela pergunta a Will onde ele está, ele responde dizendo que está Chicago, mas que seus pensamentos estão com Riley na Islândia. Suas consciências automaticamente derivam para a Islândia, onde visitam Riley em sua cama de hospital.

Capheus aparece no quarto do hospital de Riley, interrompendo Will e Kala. Capheus fala que acha que está prestes a morrer, Will diz que ninguém vai morrer. Em Nairóbi, Will alcança a janela do ônibus, e pega uma arma de um atacante e atira no mesmo.

Em São Francisco, Will e Nomi tentam descobrir quanto tempo eles têm; Jonas aparece, dizendo-lhes que estão sem tempo. Sussurros sabe sobre Riley. Jonas diz que Sussurros está com ele no laboratório, onde o mesmo o manipula sobre o que ele deve dizer aos outros. Jonas diz que Sussurros está sorrindo, porque sabe que único pensamento na cabeça de Will é pegar o primeiro avião para a Islândia.

Eu Não Posso Abandoná-la

Quando criança, Will se lembra de olhar pela janela, observando o cair da neve. O terapeuta fala sobre "comportamento salvador", onde uma pessoa sente a necessidade de salvar os outros. O terapeuta diz Will para ser honesto, e pergunta se ele ainda vê o fantasma de Sara. Will olha para sua visão na janela quando ela faz o gesto de "Shh" para ele, e ele responde: "Não."

Will acorda quando seu avião aterrissa na Islândia. Enquanto Will caminha pelo aeroporto, Nomi aparece e diz que ela encontrou a localização da OPB, uma instalação de pesquisa na costa. Ela também fala que encontrou um plano de voo listando um único passageiro prestes a chegar, chamado "Dr. Ellison", que eles acham que é Sussurros. Will encontra um carro alugado esperando lá fora, um porche vermelho extravagante, obtido por Amanita e Nomi.

Na OPB, todos os sensates aparecem ao redor de Riley, quando ela pega a arma de um dos homens e dispara um tiro na parede. Quando ela estava prestes a cometer suicídio, Will surge e pede a ela para não fazê-lo. Riley abaixa a arma, e é atacada por guardas.

Jonas, no carro com Will, diz que é uma sorte que Riley esteja inconsciente, porque ela será imune a Sussurros.

Ainda dirigindo ao longo da estrada, Will vê o helicóptero de Sussurros passar pelo céu. Nomi aparece com um novo plano. Ela diz a Will para parar o carro, e cortar a linha de óleo, para que o carro destruído possa criar uma distração.

Will chega à instalação e, como esperado, os homens ficam todos fixados pelo estado de um bonito carro esportivo engolido pela fumaça. Will entra e, graças ao hacking de Nomi, usa seu telefone para passar pelo portão de segurança.

Will percorre o interior do hospital com facilidade, querendo saber como encontrarão o quarto de Riley. Lito aparece, pega um casaco de médico e, partilhando sua habilidade de atuação, começa a flertar com outra médica. Depois de ficar um pouco lisonjeada, ele indiferente pergunta: "Em que quarto ela está mesmo?".

Will encontra o andar em que Riley está, mas vê quatro guardas esperando. Sun assume o controle de Will, dizendo: "Eles vão precisar de mais homens" antes de partir para a briga.

Quando Will finalmente encontra Riley, ao tocá-la, eles experimentam uma forte conexão psíquica, momentaneamente trocando de lugares. Eles ganham um flashback de todos os momentos de seu relacionamento. Will imagina sutilmente que Riley é Sara Patrell, e que ele a conseguiu salvá-la da lobotomia. Will carrega Riley para outro quarto.

Eles percebem que precisam deixar Riley consciente. Kala aparece e, no corpo de Will, prepara um cocktail de drogas com os suprimentos contidos na sala. Will injeta em Riley e ela salta acordada.

Will e Riley escapam por um elevador. À medida que o elevador com porta de vidro desce, Will acidentalmente acaba fazendo contato visual com Sussurros.

Eles chegam ao porão e entram na ambulância. Will procura em vão por chaves, Capheus aparece e liga a furgoneta. Assim eles conseguem sair. Sussurros entra em um helicóptero e começa a perseguição. Sussurros visita Will e diz-lhe que ele agora pode ver e ouvir qualquer coisa que Will fizesse.

Sussurros continua a visitar Will, dizendo que sabe que ele não tem a coragem de arriscar todas as suas vidas. Will diz: "Eu conheço alguém que consegue." Wolfgang toma conta de Will, dirigindo destemidamente a ambulância em direção ao helicóptero. No último momento, o piloto de Sussurros puxa para cima, e a furgoneta escapa, sumindo no nevoeiro.

Riley, traumatizada pelo o que aconteceu naquele lugar, implora para Will para não conduzir aquela rota. Riley sai da van e corre até a montanha, e Will a segue. Jonas e Angelica aparecem para Will e dizem que ele está ficando sem tempo. Eles sugerem que o suicídio é a única maneira de protegê-los. Will pega sua arma, mas depois a joga fora. Ele corre para a van e procura por remédios. Ele se injeta e depois visita Riley para explicar a situação. Ele diz a Riley que Sussurros está em sua cabeça, e que em breve estará inconsciente por causa da droga. Will diz a Riley que a única chance é que Riley os leve embora. Riley resiste, odiando a ideia de deixar sua filha Lúna para trás. Will diz a Riley que ele a ama. Eles se beijam. E então Will desmaia.

Um tempo depois, Will recupera a consciência em um barco, com Riley cantando e Sven pilotando. Riley injeta nele outra dose. Will diz que ela salvou todos eles. Riley beija-o quando ele perde a consciência novamente.

Relacionamentos

Dentro do Cluster

  • Riley Blue: Riley é o primeiro membro do cluster que Will visita, e os dois rapidamente desenvolvem um forte vínculo. Mais tarde, eles asseguram um ao outro que eles são reais, com Will ajudando Riley a escapar durante o interrogatório de Nyx. Eles se tornam interesses amorosos depois que Riley chega na Islândia, compartilhando um beijo no apartamento de Will. 
  • Nomi Marks: Juntos, Wil e Nomi se uniram e investigaram o funcionamento interno da OPB. Eles parecem compartilhar um vínculo de equipe em situações de pressão, como quando ajudou Nomi a escapar do Dr. Metzger. E encabeçando um esforço de equipe para salvar Riley da OPB.
  • Sun Bak:
  • Wolfgang Bogdanow: Wolfgang e Will frequentemente trabalham juntos quando avaliam situações perigosas em que os membros de seu grupo estão, como os dois membros mais experientes em lutar com armas de fogo (graças a suas vidas no crime organizado e policiamento, respectivamente). Will parece ser um dos colegas mais em sintonia com Wolfgang, já que ele é o único a identificar (sem saber) que Wolfgang acredita que seu encontro com Lila Facchini é uma armadilha.
  • Kala Dandekar:
  • Lito Rodriguez:
  • Capheus Onyango:

Sensates Fora do Cluster

  • Jonas Maliki: Jonas e Will estabelecem uma conexão de contato visual quando Jonas confronta Will em uma loja de conveniência de Chicago. Apesar do fato de que Will leva Jonas para as autoridades (Will foi levado a acreditar que Jonas era um terrorista), Jonas atua como mentor de Will, ensinando-lhe muitas coisas sobre a natureza de suas habilidades sensoriais.
  • Sussurros: Durante o resgate de Riley Blue da instalação da OPB na Islândia, Sussurros e Will brevemente fazem contato visual enquanto passam em um elevador. Isso estabelece uma conexão sensorial de contato visual, que Sussurros começa a usar para caçar Will e o resto de seu grupo após a fuga da instalação da Islândia. Sussurros e Will tentam caçar um ao outro usando suas habilidades de visitação, ao mesmo tempo em que se escondem das intrusões mentais um do outro através do uso de Heroína ou Bloqueadores.

Não-Sensates

  • Michael Gorski:
  • Diego Morales: Diego é o parceiro de Will no Departamento de Polícia de Chicago. Diego também se descreve como o melhor amigo de Will. Diego é mostrado como sendo fiel e solidário com Will, apesar de testemunhar suas muitas explosões relacionadas com o fato de ser sensate. Diego fica magoado quando Will deixa Chicago sem aviso prévio por um ano, mas seu relacionamento é reparado quando Riley visita Diego em Chicago e explica a natureza da conexão sensate com Diego. A partir de então, Diego se torna um aliado do Cluster de 8 de Agosto, um dos poucos não-sensates com consciência do grupo.
  • Deshawn: Desde que resgatou Deshawn, Will e Deshawn compartilham histórias de seus tempos de fazer coisas rebeldes e rapidamente se tornam próximos. Isso, mais tarde, ajuda Will a falar com a New Maniac Mafia quando eles procuram seus vigias em qualquer informação que tenham sobre o suicídio de Angélica.
  • Ludicrous Lincoln: Uma vez colegas de classe, Will e Lincoln não tiveram uma interação amigável, especialmente depois que Will tenta romper com uma ex-namorada de Lincoln. Apesar disso, eles fazem um acordo que a Polícia de Chicago deixa escapar da gangue antes que ele seja capaz de falar com Clete Tamark.

Habilidades

  • Abrir Fechaduras - Will aprendeu esta habilidade ainda criança, ao estar dentro e fora da lei. Ele usa essa habilidade para ajudar Nomi a escapar da lobotomia e depois ajuda Sun a destrancar as algemas.
  • Treinamento Policial - incluindo o uso de armas de fogo, procedimentos de prisão, planejamento estratégico, auto-defesa. Ele usa essas habilidades ajudando Capheus a se defender quando membros de gangues atacam sua van, e ajudando Nomi a escapar de Sussurros e da polícia (recrutada por Sussurros para capturar Nomi). Will a adverte sobre as estratégias que as equipes SWAT usam e o que planejam usar nela.

Citações Memoráveis

"Estou indo buscá-la. Não desista"
— Will para Riley, Eu Não Posso Abandoná-la

"Você acha que está nos perseguindo? Nós estamos vindo pegar você."
— Will para Sussurros, Quem Sou Eu?

"Você quer guerra? Vamos te dar uma guerra."
— Will para Sussurros, Você Quer Uma Guerra?

Galeria

Veja mais here

Referências

Esta página utiliza conteúdo de uma página da Sense8 Wiki.
A lista de autores pode ser vista no histórico da página.
O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.